Quem Somos

Somos as Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus (ASCJ), membros do Instituto fundado em 30 de maio de 1894, em Viareggio, Lucca-Itália, pela Venerável Clélia Merloni. Hoje estamos presentes em 15 países: Itália, Suíça, Albânia, Benin, Moçambique, Filipinas, Estados Unidos, Haiti, Brasil, Paraguai, Chile, Uruguai, Argentina, Portugal, Irlanda. Nossa missão é desenvolvida na área da Educação, Saúde, Serviço de Pastoral e Promoção humana e social.

Nossa fundadora, Madre Clélia Merloni, soube viver a espiritualidade e o amor do Sagrado Coração de Jesus. Com fé e esperança permitiu que nenhum obstáculo a impedisse de levar adiante a sua missão.

Em 1900, num ato de pioneirismo, fé, paixão e ousadia, as Apóstolas chegaram ao Brasil. A chegada proporcionou um período de maravilhosa expansão educacional e missionária para a Congregação, além de consolidação do seu carisma no mundo.

Carisma

O carisma das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, dom do Espírito Santo à Madre Clélia Merloni, expresso no lema Paulino (2Cor 5,14), encontra-se no Escudo do Instituto: “Caritas Christi urget nos”! 

Na contemplação do Coração de Cristo, Fonte do Amor, as apóstolas são enviadas e impelidas a evangelizar com a palavra e a vida, o Amor misericordioso de Deus, tornando-se:  

APÓSTOLA COMO OS APÓSTOLOS, que se espalharam pelo mundo para tornar o Coração de Jesus mais conhecido e mais amado, fiéis ao seu mandato: "Sereis minhas testemunhas até os confins da Terra";

APÓSTOLA DO AMOR, refletindo a ternura de Deus para o irmão que sofre;

APÓSTOLA REPARADORA, reconstruindo a imagem de Deus, desfeita nos irmãos e irmãs, especialmente nos mais feridos em sua dignidade.

A Apóstola do Sagrado Coração de Jesus é chamada a ser no mundo e para o mundo a presença do Coração terno e misericordioso de Jesus, que ama, acolhe e se põe a serviço do irmão que sofre.

"Aprendamos a ser Apóstolas não só de nome, mas segundo o espírito dos Apóstolos... O zelo não é somente dever dos Apóstolos, mas é o dever de cada cristão: é a consequência prática do grande preceito da caridade.”
(Madre Clélia Merloni)


Identidade

O amor ao Coração de Cristo é o centro da vida mística, ascética e apostólica das filhas de Madre Clélia Merloni.

A devoção ao Coração de Jesus é vivida pela Apóstola, na sua dimensão mística, como relação de amor, que tem as suas origens na experiência da caridade de Cristo e no seu empenho pessoal em retribuir este amor.               

Como Apóstola do Amor, ela se deixa atrair pelo Coração de Jesus vivo e presente na Eucaristia. A Celebração Eucarística é o centro da sua vida, em torno da qual a comunidade inteira se une num só coração e numa só alma.

A Apóstola é convidada a confrontar-se com a Palavra de Deus na Sagrada Escritura; a alimentar-se na oração comunitária e pessoal; a cultivar uma intensa devoção eucarística e mariana.

Apóstola Reparadora

A Reparação é para a Apóstola participação ativa no plano Redentor de Cristo.

A realidade do pecado do mundo e da própria infidelidade e inconstância sensibilizam a Apóstola a ter um coração reparador, que toma sobre si todos os sofrimentos da Igreja e da humanidade e os apresenta ao Pai na oração, da qual recebe a força para reparar a indiferença e a ingratidão de muitos, diante do sacrifício redentor de Cristo, que nos amou e se deu a Si mesmo por nós.

Ela colabora com a Igreja na construção da civilização do amor, sobre as ruínas provocadas pelo egoísmo, pelo ódio, pela violência, abrindo horizontes de esperança, de justiça e de paz, sobre o futuro da humanidade.

Apóstola como Apóstolos

Escolhendo o título de “Apóstolas”, Madre Clélia quis suas filhas animadas pelo mesmo ardor dos Apóstolos: “Aprendamos a ser Apóstolas não só de nome, mas segundo o espírito dos Apóstolos”. Ela desejava que as suas filhas levassem a todos os povos, nas diversas realidades sociais, a palavra que ilumina, a fé que salva, o exemplo que convence, o sacrifício de si mesmas que redime, o amor que jorra do próprio Coração de Cristo.